B A N E S E S



 
   
   
 
     
   

 

Baneses
 
  1) Esqueci minha senha de acesso à área restrita do site. O que faço?  
     
  2) Eu sei minha senha mas quero trocar por outra. O que faço?  
     
  3) Como faço para me aposentar na BANESES?  
     
  4) Como obter a senha para acessar a área restrita do site da BANESES pela primeira vez?  
     
  5) Por que a BANESES tem solicitado ao participante que assine um Termo de Autorização para Débito em Conta Corrente ?  
     
  6) Por que minha margem consignável caiu tanto?  
     
  7) Na solicitação de suspensão do pagamento das parcelas de empréstimo, qual o prazo e quando entra em vigor?  
     
  8) Quais os limites para a concessão de empréstimo e o prazo máximo para os mesmos?  
     
  9) Contratei um empréstimo hoje. Posso cancelar a operação?  
     
  10) Como são calculadas as prestações dos contratos de empréstimo de acordo com a circular vigente?  
     
  11) Quais os encargos cobrados nas operações de empréstimo?  
     
  12) Já possuo um empréstimo. Posso solicitar outro?  
     
  13) O que é necessário para ter minha solicitação aprovada?  
     
  14) Como será efetuado o pagamento/desconto do empréstimo?  
     
  15) É possível antecipar parcelas? Como funcionam as amortizações? Existe algum desconto?  
     
  16) Posso escolher a conta bancária para receber o crédito do empréstimo?  
     
  17) O que devo fazer para aumentar meu percentual de contribuição?  
     

Respostas

  1) Esqueci minha senha de acesso à área restrita do site. O que faço?

Se você quer reinicializar sua senha, digite  no topo do site seu CPF e clique em Esqueci Minha Senha. Irão aparecer seus dados e a pergunta:

Você deseja que o sistema lhe envie um email com instruções para reinicialização de sua senha?
SIM, ENVIAR NÂO, VOLTAR
Clique em SIM, ENVIAR Você irá receber um e-mail como o que segue abaixo:
Caro JOSÉ DA SILVA A BANESES recebeu um pedido de reinicialização de sua senha de acesso à área restrita do nosso site.
Para reinicializar sua senha, clique no link abaixo ou cole este endereço eletrônico no seu navegador de internet.
http://www5.baneses.com.br/AlterarSenha.aspx?ParamUrl=%2bWPGh...SKMfPI%
Você irá direto à página de alteração de senha no site. Preencha e clique em CONFIRMAR.
Pronto. Você já tem uma senha para navegar na área restrita do site onde estão suas informações pessoais.

Se houver dúvidas, entre em contato com a BANESES através do e-mail falecomagente@baneses.com.br ou falecomagente@banestes.com.br

 
     
 

Topo

 
     
  2) Eu sei minha senha mas quero trocar por outra. O que faço?

Se você quer alterar sua senha, digite seu CPF e a senha que você já possui no topo do site.
Clique na palavra Cadastro e, em seguida, clique em Troca de Senha.
Irão aparecer seus dados e os campos para preenchimento:
Senha
Senha atual:
Nova Senha:
Redigite a Nova Senha:
A Senha deve ser digitada e redigitada

Atenção:
A senha deve possuir exatamente 8 caracteres (letras, números ou símbolos).
CONFIRMAR CANCELAR Prenchidos os campos, clique em CONFIRMAR.
Se houver dúvidas, entre em contato com a BANESES através do e-mail falecomagente@baneses.com.br ou fundacaobanestes@banestes.com.

 
     
 

Topo

 
     
  3) Como faço para me aposentar na BANESES?

  • O primeiro passo é verificar se você já tem direito a um dos benefícios previstos no regulamento do plano II. São cinco tipos de aposentadorias (por tempo de serviço, antecipada, invalidez, especial e idade) que podem ser conferidos no item B.7 do regulamento, disponível no site www.baneses.com.br

    Atenção: Em todos os tipos de aposentadorias, à exceção da aposentadoria antecipada, você também já deve ter adquirido o direito à concessão de aposentadoria do INSS.

    E lembre-se: você deve ter, no mínimo, 50 anos de idade ou pelo menos 25 anos, se no sexo feminino, ou 30 anos, se do sexo masculino, de tempo de vinculação à Previdência Social. Já na BANESES, a carência para se aposentar é de 15 (quinze) anos de vinculação ininterrupta.

  • O segundo passo é rescindir o contrato de trabalho com a patrocinadora, pois sem este documento não será possível solicitar o benefício a que tem direito na BANESES, exceto para aposentadoria por invalidez e pensão por morte.

    Com a rescisão em mãos:

    Compareça a BANESES ou agende o seu atendimento pelos telefones 3383-1901/02/03/04/05, levando o seu RG, CPF, último contracheque e a Carta de Concessão de Aposentadoria fornecida pelo INSS se já aposentado.

    Pronto. Caso você entregue toda a documentação até o dia 10 do mês e tudo esteja correto, você irá receber seu primeiro benefício no mesmo mês.
 
     
 

Topo

 
     
  4) Como obter a senha para acessar a área restrita do site da BANESES pela primeira vez?

Para obter a senha, primeiro é necessário ter um e-mail cadastrado na Fundação.
Então, acompanhe o passo a passo para que você crie ou altere seu e-mail.
Aqui no site, clique na seção Formulários e, em seguida, clique em TERMO PARA CRIAÇÃO DE E-MAIL.
Preencha o campo Participante com o seu C.P.F. Irá aparecer uma tela com os seus dados.
Escreva seu e-mail e confirme.
Imprima a página seguinte e assine. Envie este documento para a BANESES o mais rápido possível.
Pode ser por malote, utilizando o CID: 8200.
Assim que o formulário for registrado na BANESES, você irá receber um e-mail como o que segue abaixo:
Caro JOSÉ DA SILVA Obrigado por cadastrar seu email na BANESES.
Se você deseja obter a senha para acessar a área restrita do site, clique no link abaixo ou cole este endereço eletrônico no seu navegador de internet:
http://www5.baneses.com.br/AlterarSenha.aspx?ParamUrl=%2bWPGh...3d%3d
Você irá direto à página que permite criar sua senha. Preencha e clique em CONFIRMAR.
Pronto. Você já tem uma senha para navegar na área restrita do site onde estão suas informações pessoais. Se houver dúvidas, entre em contato com a BANESES através do e-mail falecomagente@baneses.com.br ou falecomagente@banestes.com.br

 
     
 

Topo

 
     
  5) Por que a BANESES tem solicitado ao participante que assine um Termo de Autorização para Débito em Conta Corrente ?

Tem sido solicitado a todos os participantes que assinem um TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE DÉBITO  EM CONTA para padronizar os procedimentos de pagamentos dos participantes com a BANESES, quando não for possível fazer o desconto em folha de pagamento.
O Termo de Autorização prevê a cobrança dos principais débitos que podem ser feitos em conta corrente, entre eles:
• Pagamento da contribuição básica, extra ou contribuição voluntária;
• Pagamento de seguro de vida não descontado em folha de pagamento;
• Pagamento de empréstimos eventualmente não descontados em contracheque. De acordo com as exigências dos bancos, inclusive o BANESTES, para que seja efetuado um débito é necessário haver uma autorização assinada, neste caso, pelo participante.
Mas é importante ressaltar que a BANESES continuará priorizando o desconto no contracheque e o TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE DÉBITO EM CONTA será utilizado somente nos casos em que essa opção não seja possível. E mais:
a efetivação do débito estará condicionada aos compromissos legais acordados previamente entre a BANESES e o participante.

 
     
 

Topo

 
     
  6) Por que minha margem consignável caiu tanto?

Essa é uma pergunta frequente dos participantes BANESES.
Ao solicitar um novo empréstimo na Fundação, o participante é informado que sua margem consignável (valor máximo que o empregado pode comprometer de seu salário mensalmente) não permite um novo empréstimo ou então somente um valor abaixo do desejado.
Situação que tem causado surpresas.
E como se chega ao valor da margem consignável?
De acordo com a circular 110, que rege as regras de empréstimos da BANESES, cabe ao empregador, o Banestes, fazer esse cálculo.
De acordo com o Banestes, primeiro é preciso encontrar a renda disponível do empregado, ou seja, é a renda mensal menos os descontos legais como INSS, Imposto de Renda e pensão alimentícia (caso haja).
Exemplo: O empregado com renda mensal de R$ 1.400,00 e deduções de R$ 400,00 (INSS, IR, Pensão). Após os descontos, chega-se a renda disponível, a RD, que neste exemplo é de R$ 1.000,00. É sobre o valor de renda disponível que será aplicado o percentual disposto pela Lei 10.820, de forma que se o empregado não tiver descontos voluntários em seu contracheque será aplicado o percentual de 30%. Se houver desconto voluntário (Banescaixa, Fundação, Sindicato) o percentual será de 40%.
Então, voltando ao exemplo. Aplicar a taxa de 40% relativa às consignações voluntárias sobre a renda disponível:  40% de 1.000,00 = 400,00 Sobre os 400,00, deduzir 180,00 de Banescaixa e 200,00 de outro empréstimo (caso não se pretenda liquidar).
O resultado é uma margem de R$ 20,00. R$ 20,00 é a margem consignável disponível deste empregado. Se este mesmo empregado não tivesse nenhuma consignação voluntária seria aplicada, então, a taxa de 30% sobre a renda disponível – R$ 300,00 de margem consignável, podendo pegar um empréstimo que tenha como prestação até R$300,00.
Para os assistidos a diferença é que o benefício do INSS não é considerado no cálculo.

 
     
 

Topo

 
     
  7) Na solicitação de suspensão do pagamento das parcelas de empréstimo, qual o prazo e quando entra em vigor?

Para as solicitações tanto de suspensão quanto ampliação e redução, apenas terão reflexo no contrato correspondente no mês subseqüente à solicitação. Isso porque, com a abertura do sistema de empréstimo para o mês corrente, as prestações dos contratos ativos são imediatamente calculadas.
Por exemplo: se um participante desejar ter a prestação suspensa no mês de maio, deverá solicitar a suspensão até o último dia útil de abril.
A solicitação pode ser realizada aqui no site da ou direto na BANESES onde deverá ser entregue preenchido o formulário SOLICITAÇÃO DE SUSPENSÃO DE EMPRÉSTIMO ou, se for o caso, SOLICITAÇÃO DE LIQUIDAÇÃO PARCIAL OU ANTECIPADA, REDUÇÃO OU AMPLIAÇÃO DE PRAZO DE EMPRÉSTIMO.
Lembrando que o limite para suspensão das parcelas é de 6 (seis) meses por ano, e que o limite pra redução e suspensão tEm como base a margem consignável e obviamente o prazo máximo disposto.

 
     
 

Topo

 
     
  8) Quais os limites para a concessão de empréstimo e o prazo máximo para os mesmos?

Como prevê a Circular de Empréstimo, o prazo máximo para quitação de empréstimo é de 60 (sessenta) prestações mensais.
Prazos menores deverão estar dentro da margem disponível para o participante em questão.
Para o valor limite das liberações de empréstimos a participantes ativos, considera-se o menor entre estes três valores: valor acumulado referente à reserva do participante (contribuição apenas do participante, reduzidos descontos legais), 10 (dez) vezes o valor do salário de participação ou calcula-se o valor máximo comportado pela margem prevendo variações de taxas futuras e o prazo máximo acima referido.
Para participantes assistidos, o limite é o menor entre: 10 (dez) vezes o valor do benefício de renda mensal pago pela BANESES, referente ao mês anterior da solicitação e margem consignável de 30% do valor do benefício de renda mensal pago pela BANESES no mês anterior ao da solicitação, depois de deduzidos os descontos legais e as verbas de pensão alimentícia.

 
     
 

Topo

 
     
  9) Contratei um empréstimo hoje. Posso cancelar a operação?

Nos casos em que a solicitação for realizada por meio do site BANESES, o participante tem a opção de exclusão da solicitação no próprio site.
Já quem solicitou presencialmente na Baneses deve enviar um comunicado formal solicitando o cancelamento.
Se a desistência se der após o crédito do empréstimo, o solicitante deverá solicitar o estorno do crédito que lhe foi concedido no prazo de até 24 horas após sua efetivação

 
     
 

Topo

 
     
  10) Como são calculadas as prestações dos contratos de empréstimo?

As prestações dos contratos, de acordo com a circular vigente,  são pós-fixadas, tendo como metodologia de cálculo para tal, a tabela Price.
A taxa mensal de 0,65% será aplicada sobre o saldo devedor previamente corrigido pelo IGP-M, divulgado pela FGV, do mês imediatamente anterior ao da atualização (caso a variação seja negativa, o IGP-M será desconsiderado para efeito de cálculo naquele período).
Estas taxas são calculadas pró-rata dia, desde a concessão do empréstimo até a data de vencimento de cada prestação.

 
     
 

Topo

 
     
  11) Quais os encargos cobrados nas operações de empréstimo de acordo com a circular vigente?

Os encargos incidentes sobre o contrato de empréstimo são os seguintes:
1) IOF – Conforme legislação vigente;
O IOF é um Tributo Federal e será descontado do valor total do crédito ao participante, no ato da concessão do empréstimo.
2) Atualização Monetária – IGP-M (índice referência na Política de investimentos);
3) Taxa de Juros – 0,65% ao mês;

 
     
 

Topo

 
     
  12) Já possuo um empréstimo. Posso solicitar outro?

Sim. O mesmo participante pode ter, simultaneamente, três contratos ativos.
Caso já possua três contratos e tenha margem consignável suficiente, o participante poderá realizar uma operação de reforma de seu(s) contrato(s) já existente(s).
Assim, será realizado o procedimento nomeado “Liquidação de reforma”, neste caso no ato da liberação será descontado não apenas o IOF gerado, mas também o saldo devedor do contrato reformado.

 
     
 

Topo

 
     
  13) O que é necessário para ter minha solicitação aprovada?

Além de ter os valores suportados pela margem consignável, o participante deve ter previamente encaminhado à BANESES o TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO e o TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE DÉBITO EM CONTA.
Sem este primeiro, sequer é possível concretizar a solicitação de empréstimo.
Na ausência deste último, o participante tem sua solicitação concretizada, entretanto, chegado o momento da aprovação das solicitações, e não se fazendo presente tal termo, o participante terá sua solicitação de empréstimo Reprovada. Ressaltamos que as solicitações têm como prazo limite, às 16 horas do último dia útil anterior à data de liberação do crédito.

 
     
 

Topo

 
     
  14) Como será efetuado o pagamento/desconto do empréstimo?

O desconto será efetuado em folha de pagamento, por meio de parcelas mensais e sucessivas.
Em caso de impossibilidade de cobrança via folha de pagamento, a BANESES poderá efetuar débito na conta corrente do mutuário ou enviar boletos bancários para pagamento das parcelas.

 
     
 

Topo

 
     
  15) É possível antecipar parcelas? Como funcionam as amortizações? Existe algum desconto?

A antecipação da parcela é disponibilizada em forma de liquidações.
Estas podem ser solicitadas através dos canais de comunicação junto à BANESES, com quitações ou amortizações nos dias úteis do mês.
Não há desconto no caso da antecipação da quitação da dívida,  já que os juros são pós-fixados e o saldo devedor calculado pró-rata dia

 
     
 

Topo

 
     
  16) Posso escolher a conta bancária para receber o crédito do empréstimo?

Não, o empréstimo só poderá ser creditado na conta-corrente onde são creditados seus proventos de aposentadoria pela BANESES.

 
     
 

Topo

 
     
  17) O que devo fazer para aumentar meu percentual de contribuição?

O participante deve acessar o site www.baneses.com.br e, no item Formulários, clicar em Alteração do Percentual de Contribuição Básica. Preencha informando seu nome, matrícula e o percentual com o qual deseja contribuir sobre o seu salário de participação. Ou seja: quanto deve ser descontado mensalmente de seu salário para aumentar sua aposentadoria futura. Imprima, assine e entregue ou envie à gerência de Benefícios da Fundação Banestes.

 
     
 

Topo